Atualização do Manual de políticas do USCIS: Ocupação de locatários não conta mais para a criação de empregos do EB-5

Segunda-feira, 29 de maio de 2018

Em 15 de maio de 2018, o USCIS emitiu um alerta das diretrizes sobre casos de investidores imigrantes (EB-5) envolvendo a ocupação de locatários. Até então, o Manual de políticas do USCIS permitia as metodologias de ocupação de locatários usadas pelos solicitantes do I-526 para provar que seu investimento atenderia ao requisito de criação de empregos indiretos. A nova diretriz da política afirma que a metodologia de ocupação de locatários não é capaz prever a criação de empregos indiretos de forma razoável, declarando que ela “resulta em uma conexão ou nexo demasiadamente problemático entre o investimento e a criação empregos” e que por isso, não a metodologia será mais considerada uma forma razoável de previsão.

A mudança entrou em vigor desde 15 de maio de 2018. O USCIS continuará aceitando as petições para I-526 e I-829 feitas antes do dia 15 de maio de 2018, ou as petições para I-526 que serão enviadas posteriormente para projetos aprovados de forma exemplar, além das petições para I-526 aprovadas de outro investidor do EB-5.

Referência:
Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA. (2018). Atualizações do Manual de políticas do USCIS: Ocupação de locatários do EB-5. Fonte: https://www.uscis.gov/news/alerts/uscis-policy-manual-updates

Divine, Bearman, e Caldwell & Berkowitz, PC. (2018) . Análise de membros do IIUSA: USCIS rejeita contagem de empregos gerados por ocupação de locatários do EB-5. Fonte: https://iiusa.org/blog/wp-content/uploads/2018/05/USCIS-Evicts-Tenant-Occupancy-Job-Counting-from-EB-5-1.pdf